Palpites para Open Australia: Melhores dicas para 2022

Já começou a preparar seus palpites para Open Australia 2022? O primeiro Grand Slam do ano, disputado em janeiro, é uma boa oportunidade de testar suas primeiras apostas de tênis no ano. Ou seja, já é possível acompanhar as notícias do tênis mundial e preparar-se para apostar no Open Australia nos melhores sites esportivos.

Mas o que nos reserva a próxima edição do torneio? Se você pretende arriscar palpites para Open Australia em 2022, este guia é um bom ponto de partida. Nele, falamos sobre os principais favoritos ao título, contamos um pouco sobre a história do evento e damos dicas para você arriscar o melhor palpite no Australian Open.

Melhores sites para apostar no Open Australia

Escolher um bom site de apostas é essencial para você tirar o máximo proveito dos seus prognósticos para Open Australia. Se você procura pelos melhores bônus, mercados de apostas e recursos extra, leia nossas dicas de sites a seguir.

Brazino777

No Brazino777, você terá acesso a uma boa variedade de apostas e a um bônus de boas-vindas generoso. O bônus para novos usuários pode chegar a R$4.000. Além de palpites para Open Australia, é possível apostar em futebol, basquete e muito mais.

Rivalo

O Rivalo é outra ótima opção para apostar no Open Australia e em outras competições de tênis, incluindo os torneios ATP e WTA. Você ainda pode turbinar sua aposta com o bônus de boas-vindas de 100% até R$300 oferecido pela casa.

Betsson

Na Betsson, os apostadores encontram dezenas de esportes e eventos para apostar, incluindo os principais torneios de tênis profissional. A casa também oferece um bônus de boas-vindas de 100% até R$200, que pode ser usado em qualquer esporte.

O que você precisa saber sobre o Australian Open

O Australian Open é um dos principais eventos do tênis mundial. Ele faz parte do Grand Slam, junto com os torneios de Wimbledon e Roland Garros, além do US Open. É o mais jovem entre os quatro, apesar de centenário – a primeira edição ocorreu em 1905. Apelidado de The Happy Slam, é o de maior público entre os quatro Slams.

Assim como o US Open, o Australian Open é jogado em quadras de piso rápido, diferentemente de Wimbledon (grama) e Roland Garros (saibro). Com isso, acaba sendo mais "democrático", pois equilibra as chances entre jogadores com diferentes especialidades em relação ao tipo de piso.

Desde 1972, os jogos são disputados em Melbourne. Antes, o torneio passou por Sydney, Adelaide, Brisbane e Perth. Houve também duas edições na Nova Zelândia: Christchurch (1906) e Hastings (1912). No entanto, desde 1988, todas as partidas ocorrem no Melbourne Park.

Dicas de apostas Australian Open 2022

Antes de pensar em seus prognósticos para Open Australia, você deve considerar alguns fatores que podem influenciar o desfecho do torneio.

O principal elemento é a qualidade dos jogadores, que pode ser avaliada pela posição de cada jogador nos rankings da ATP (masculino) e da WTA (feminino). É importante considerar também o retrospecto recente dos atletas no Australian Open. Nesse sentido, há uma hegemonia recente do Big Three (Federer, Nadal e Djokovic) no torneio masculino de simples. No feminino, os resultados têm sido mais diversos.

É importante, também, considerar o desempenho dos jogadores em piso rápido. Antes de apostar em palpites para Open Australia, confira quem venceu os últimos torneios disputados neste piso. Caso contrário, seus prognósticos podem ser distorcidos pelo desempenho fora da curva de alguns jogadores no saibro e na grama.

Outro fator importante é o preparo físico dos jogadores. Afinal, o Australian Open é o primeiro evento de Grand Slam do ano. Além disso, como os outros Slams, é disputado em melhor de cinco sets (no masculino), enquanto outros torneios ATP têm três sets. Ou seja, jogadores pouco experientes em Slams ou sem as condições físicas ideais podem penar na competição.

Por fim, não esqueça de consultar as estatísticas atualizadas dos jogadores e as notícias mais recentes do circuito mundial. Essa é uma dica que serve para qualquer esporte, e no tênis não seria diferente.

Prognósticos para Open Australia 2022

Já se cercou de todas as informações, mas ainda está à procura dos melhores palpites para Open Australia? Então, leia os nossos prognósticos para Open Australia 2022 com os principais favoritos ao título.

Favoritos no individual masculino

O torneio de simples masculino do Australian Open 2022 tem um claro favorito: Novak Djokovic. O atleta sérvio é o atual tricampeão da competição e o maior vencedor na história, com 9 títulos somados. Atualmente, ele também é líder do ranking da ATP e o jogador do Big Three (que inclui Rafael Nadal e Roger Federer) em melhor forma física.

Federer, 6 vezes campeão do Australian Open, vem de uma série de problemas físicos. Tendo completado 40 anos recentemente, não estará em boa forma no primeiro dos quatro Slams da temporada. Nadal também vem de problemas físicos em 2020, que o fizeram deixar a temporada pela metade. Além disso, ele só ganhou uma vez o Australian Open (2009).

Vale a pena, portanto, ficar de olho em outros atletas para o primeiro Grand Slam do ano. Uma boa opção de palpite para 2022 é Daniil Medvedev, finalista em 2021 em Melbourne e campeão do US Open no mesmo ano. Stefanos Tsitsipas e Alexander Zverev também são alternativas interessantes de aposta. Apesar de nenhum deles ter sido campeão de Slams até o momento, ambos vêm obtendo bons resultados no circuito.

Favoritas no individual feminino

Qualquer prognóstico para o torneio feminino do Australian Open será bem mais incerto que o do torneio masculino. Afinal, nenhuma jogadora tem um domínio tão grande no circuito WTA quanto o de Djokovic no ATP. No entanto, se for para indicar uma favorita ao título em 2022, certamente o nome mais justo será o de ​​Naomi Osaka.

A japonesa já foi duas vezes campeã em Melbourne (2019 e 2021) e estará defendendo o título na próxima edição. Ela tem um histórico de bom desempenho em quadras de piso rápido – também foi campeã do US Open em 2018 e 2020. Ao longo de 2021, após o título do Australian Open, colecionou polêmicas no circuito e acabou caindo no ranking do WTA. No entanto, já treina para ter uma temporada melhor em 2022.

Outras opções interessantes de palpites para Open Australia em 2022 são a atual líder do ranking, Ashleigh Barty, e a campeã do US Open em 2021, Emma Raducanu. Barty ainda não venceu o Australian Open, mas já foi campeã em Wimbledon e em Roland Garros. Já Raducanu foi a grande revelação de 2021, ao vencer seu primeiro Slam com apenas 18 anos de idade.

Datas de Open Australia em 2022

Por ser o primeiro Grand Slam da temporada, as datas de Open Australia para 2022 já estão definidas há bastante tempo. A competição será disputada entre os dias 17 e 30 de janeiro, em pleno verão australiano. Como ocorre em outros torneios de Grand Slam, o certame australiano terá mais uma vez sessões durante o dia e à noite.

Jogadores previstos no Aberto da Austrália 2022

O Australian Open conta, atualmente, com os seguintes números de participantes nas principais categorias:

  • Principal simples: 128
  • Qualificatório simples: 128
  • Duplas: 64
  • Duplas mistas: 32

O Australian Open costuma atrair os principais tenistas do mundo, já que integra o Grand Slam. Seus principais atrativos são as premiações elevadas, o grande número de pontos válidos para os rankings de cada categoria, a exposição na mídia e, claro, o prestígio de disputá-lo.

Jogadores no individual masculino

Como ocorre há muito tempo, o principal foco de atenção na competição masculina, serão os jogadores do Big Three. Porém, 2022 pode reservar algumas decepções nesse sentido. Afinal, Nadal e Federer ainda se recuperam de lesões – apenas o espanhol confirmou participação. Djokovic também está inscrito no torneio, após uma longa polêmica devido à exigência da vacina contra a Covid-19 – que o sérbio vem se recusando a tomar.

Outros jogadores de destaque que estarão no evento são Daniil Medvedev, Alexander Zverev e Stefanos Tsitsipas. Stan Wawrinka, mais um nome importante do circuito, está se recuperando de lesão e não estará presente. O único brasileiro no individual masculino será Thiago Monteiro, 83° colocado no ranking mundial.

Jogadoras no individual feminino

No certame feminino, a ausência mais sentida será, outra vez, a de Serena Williams, sete vezes campeã em terras australianas. Aos 40 anos e vindo de uma lesão em Wimbledon, em 2021, ela foi aconselhada pelos médicos a ficar de fora do Australian Open.

Com exceção de Williams, as principais jogadoras da atualidade estão inscritas para a competição. As presenças confirmadas incluem Ashleigh Barty, Aryna Sabalenka, Karolina Pliskova, Barbora Krejcikova, Naomi Osaka e Iga Swiatek. Do Brasil, está inscrita Bia Haddad, atualmente a 82ª colocada no WTA.

O que aconteceu no Australian Open de 2021?

O Australian Open de 2021 coroou o domínio de Djokovic no tênis masculino. Ele teve uma vitória tranquila contra Medvedev na grande final, após uma campanha sem muitos sobressaltos. Nadal caiu nas quartas de final para Tsitsipas – que acabaria eliminado por Medvedev na semifinal. O brasileiro Thiago Monteiro foi eliminado na segunda rodada para o russo Andrey Rublev.

Na disputa feminina, Naomi Osaka obteve seu segundo título no Grand Slam australiano, derrotando a norte-americana Jennifer Brady na decisão. A japonesa teve outro resultado expressivo na competição, ao eliminar Serena Williams na semifinal. Nenhuma atleta do Brasil participou da competição feminina.

Últimos vencedores do Australian Open

Nas últimas 10 edições do Australian Open, ficam claros o domínio de Djokovic no torneio masculino individual e o equilíbrio entre as atletas no certame feminino.

Confira a lista dos últimos vencedores do certame masculino:

  • 2021: Novak Djokovic
  • 2020: Novak Djokovic
  • 2019: Novak Djokovic
  • 2018: Roger Federer
  • 2017: Roger Federer
  • 2016: Novak Djokovic
  • 2015: Novak Djokovic
  • 2014: Stan Wawrinka
  • 2013: Novak Djokovic
  • 2012: Novak Djokovic

Leia abaixo a lista de campeãs do Australian Open nas últimas 10 edições:

  • 2021: Naomi Osaka
  • 2020: Sofia Kenin
  • 2019: Naomi Osaka
  • 2018: Caroline Wozniacki
  • 2017: Serena Williams
  • 2016: Angelique Kerber
  • 2015: Serena Williams
  • 2014: Li Na
  • 2013: Victoria Azarenka
  • 2012: Victoria Azarenka

Se quiser ficar a saber mais sobre outros esportes, dê uma olhada nos artigos abaixo:

Menu